terça-feira, 28 de junho de 2016

O PODER DA CURA PELO AUTOCONHECIMENTO


Quantas pessoas vivem reclamando que não possuem isso ou aquilo, que o outro tem mais sorte ou mais oportunidades, quando na realidade o seu problema está em não pertencer a si mesmo. Em suma, tudo que conquistamos externamente é fruto daquilo que, antes, projetamos mentalmente. E é exatamente esta programação mental positiva que nos leva a ir além.
Não há nada que possamos alcançar que já não esteja dentro de nós, pois como sabiamente disse Chico Xavier – “Tudo que é seu encontrará uma forma de chegar até você.”. Mas é se quando chegar o momento nós não estivermos prontos? E se quanto às oportunidades surgirem, nós estivermos cegos? E se quando menos esperarmos, tudo se colocar em nossa frente e permanecer invisível?
Quando estamos doentes e nos negamos a tomar os remédios que podem nos curar, é assim que tudo fica: invisível.  Não vemos luz no final do túnel; alegria no riso, calor no sol, energia no abraço e, embora você esteja cheio de muitas coisas, tudo fica vago e sem sentido.
O que somos hoje é o reflexo do nosso passado, mas o que seremos amanhã só depende da forma como vivemos o nosso aqui e agora, como nos conectamos com a nossa realidade atual, como resolvemos nossos problemas, como pensamentos, cremos, agimos e como nos relacionamos conosco, com o mundo e as pessoas à nossa volta.
Continue lendo....http://www.jrmcoaching.com.br/blog/voce-pode-curar-sua-vida-aqui-e-agora/

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Marisa Monte - Panis Et Circenses. “Mas as pessoas na sala de jantar são ocupadas em nascer e morrer”




“Mas as pessoas na sala de jantar são ocupadas em nascer e morrer”

A política do pão e circo (Panis et Circensis) foi criada pelos antigos romanos, que estavam preocupados com a falta de alimento e principalmente de diversão do povo. Segundo os antigos romanos, sem estas duas coisas, era impossível se ver em sociedade e a insatisfação do povo perante os governantes só aumentaria.
Conta a história que sangrentas lutas entre gladiadores foram criadas para divertir o povo, que também recebia pão gratuito durante as lutas.
A canção Panis Et Circensis, composta por Gil e Caetano se tornou o grande hino do movimento Tropicália, que estourou no Brasil no final da década de 1960 e conseguiu universalizar a linguagem da música popular brasileira com a introdução da guitarra elétrica, do rock psicodélico e das correntes jovens do mundo na época. Foi a união do pop, com o psicodelismo e a estética que deram à música brasileira uma essência que influenciou toda a cultura nacional.

O grande álbum do movimento Tropicália
Panis Et Circensis,interpretada pelos músicos psicodélicos dos Mutantes traz a mensagem do que o movimento pretendida. Com uma letra que diz que as pessoas estão muito acomodadas e não lembram mais que a vida não é apenas nascer e morrer, deram um choque em toda a sociedade. Além disso, o teclado e a guitarra elétrica contribuíram para mostrar que a música brasileira precisava sair um pouco do patamar banquinho-violão, gerando grande euforia e alegrias nos jovens.
A canção é a principal do álbum Tropicália, que além de Os Mutantes, conta com composições e interpretações de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Rogério Duprat, Gal Costa, Torquato Neto, Tom Zé, entre outros.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Por uma vida mais leve...

É claro que cada pessoa é única...e portanto, cada vida é única.
Mas vale a pena refletir sobre algumas atitudes que podem
contribuir em nossa jornada...

  • "Diminua suas expectativas de perfeição. A nota da felicidade está mais próxima de 7 do que de 10.
  • Combata os pensamentos negativos e autodestrutivos. Em vez de olhar somente os erros e defeitos, mude o foco para os acertos e qualidades positivas.
  • Reconheça seus limites. Se perceber que está infeliz com algo que pode mudar, então comece hoje. Se é algo que você não pode mudar, apenas aceite. Será um problema a menos em sua vida.
  • Aprenda com os erros, em vez de se martirizar. Errar faz parte do processo de aprendizagem.
  • Busque sempre coisas novas para fazer. Isso proporcionará a descoberta de novos talentos e fará com que se orgulhe de suas novas habilidades.
  • Ajude outras pessoas, sempre que possível. Sentir-se útil faz muito bem à autoestima.
  • Procure exercitar-se em uma atividade física de que goste. Isso ajudará a fazer as pazes com seu corpo.
  • Orgulhe-se de suas opiniões e ideias e não tenha medo de expressá-las, mesmo que nem todos concordem.
  • Passe seu tempo livre com as pessoas que você ama e fazendo as coisas de que você gosta. Faça um esforço para tornar a vida prazerosa e satisfatória.
  • Busque amigos. A maioria das pessoas está interessada em fazer novas amizades, tome a iniciativa e não espere que os outros venham até você.
  • Sorria, seja gentil com os outros, peça apoio, fale sobre você, seja sincera. Isso ajudará a atrair as pessoas que realmente gostam de você.
  • Cuida da sua aparência, mas sem exageros.
  • Evite situações e pessoas que o fazem sentir-se mal sobre si mesmo."
  • Obs.: as dicas são de CRISTIANE COSTA CRUZ
    Formada em Psicologia pela PUC/SP em 1990. Utiliza a abordagem cognitivo-comportamental