domingo, 16 de setembro de 2012

Cuidados paliativos para diminuir dor de pacientes terminais deveriam virar política pública, dizem especialistas 16/09/2012


Aline Leal
Repórter da Agência Brasil
"De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a área de cuidados paliativos é considerada uma abordagem que serve para promover qualidade de vida para pacientes que tenham alguma doença que o ameace de morte. No Brasil, a área ainda está muito ligada a pacientes terminais, principalmente com câncer. No entanto, para a OMS, essa área não deve se restringir apenas a doentes terminais, mas também a pessoas que recebem diagnóstico de doenças crônicas e, até, para pacientes vítimas de acidentes.
Os cuidados paliativos devem envolver uma equipe multiprofissional formada por médicos, psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que tratam das dores físicas do paciente e também das dores emocionais por estarem tão perto da morte. A abordagem também se estende à família do enfermo para que todo o processo seja aceito com a maior naturalidade possível e com o mínimo de sofrimento.
“Tudo isso tem que se estender para a família, entender que quando alguém adoece todo o núcleo familiar adoece junto e, se eu não cuido dessa família, que também adoece não só emocionalmente, mas às vezes fisicamente, eu não estou oferecendo esse atendimento global efetivo e extensivo para todos os componentes para esse núcleo familiar e afetivo”, disse Hélio Bergo, chefe do Núcleo de Cuidados Paliativos da Secretaria de Saúde do Distrito Federal."

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

"Com a ajuda de cuidados paliativos eficazes, podemos transformar vidas" - Catharine, a esposa do príncipe William


Catharine, a esposa do príncipe William, pronunciou seu primeiro discurso oficial no exterior, nesta quinta-feira, na Malásia, dentro um giro de nove dias pela Ásia e Pacífico, em homenagem aos 60 anos do reinado de Elizabeth II.
"Proporcionar às crianças e suas famílias um lugar onde lhes sejam dados apoio, cuidados e uma melhora em suas condições, quando precisam, com urgência, pode mudar uma vida", declarou a duquesa de Cambridge, durante uma visita a um centro de cuidados paliativos para crianças.
"Com a ajuda de cuidados paliativos eficazes, podemos transformar vidas", acrescentou, colocando em funcionamento um novo programa de cuidados pediátricos no centro de Kuala Lumpur.

Duchess of Cambridge helps terminally-ill boy find smile again

http://www.telegraph.co.uk/news/uknews/the_queens_diamond_jubilee/9540539/Duchess-of-Cambridge-helps-terminally-ill-boy-find-smile-again.html

The Duchess of Cambridge makes her first official speech at one of East Anglia Children’s Hospices (EACH)


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

"Amizade não depende de coisas como o espaço e o tempo." Richard Bach



"A eternidade não é um lugar nem um tempo. Porque o lugar e o tempo pouco significam. É saber que a nossa verdadeira natureza vive simultaneamente em algum lugar do espaço e do tempo." Richard Bach

"Compositor de destinos
Tambor de todos os rítmos
Tempo tempo tempo tempo..."
Caetano Veloso

Amado Jorge


"Na vida só vale o amor e a amizade. 

O resto é tudo pinóia, é tudo presunção,
não paga a pena..."  Jorge Amado


domingo, 9 de setembro de 2012

"Viver ultrapassa qualquer entendimento" - Clarice Lispector


 "A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar, duram uma eternidade..." (Clarice Lispector) 


  “Colha o dia que se inicia como quem colheu uma flor que  nunca mais repetirá.”  (Rubem Alves) 


 "As quedas me tornaram mais forte, as pedras, me fizeram mais cuidadosa. E por isso, hoje, eu caminho devagar, com calma, com a alma. Sem pressa de chegar. E o que realmente me importa é saber, que apesar de todos os desencantos, eu sobrevivi. Vivi. E continuo a minha história!"  (Monalisa Macêdo) 


"Pois o perdão, longe de ser um sentimento na alma, é um jeito de pôr um fim às armadilhas do passado... Podemos voar de novo, livres..." (Rubem Alves) 

"A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la."   (Cecilia Meireles)
"Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia. E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança."  (William Shakespeare)
"Você tem seus pincéis e suas tintas. Pinte seu paraíso e depois entre..." (Osho) 

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

World Hospice and Palliative Care Day - 13 October 2012

The theme for World Hospice and Palliative Care Day is "Living to the end: palliative care for an ageing population.”
Events to mark the day are being organised around the world. Join in and register your event. www.worldday.org/events

 Em poucas palavras, a Medicina Paliativa visa  beneficiar os doentes em estado terminal, com doenças graves ou incuráveis numa fase avançada ou progressiva que necessitem de procedimentos médicos de prevenção e alívio do sofrimento físico e psicológico.

http://www.palliarte.com.br/2009/10/sobre-o-world-day-palliative-care.html

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Setembro é Mês da Conscientização do Câncer Infantil! What difference does palliative care make?

The ICPCN calls on governments and health departments around the world
 to recognise the need for children's palliative care as part of the holistic care
 of children with cancer and their families. It should be introduced at the time
 of diagnosis and continue alongside any treatment aimed at cure.
 It is a basic human right.

What difference does palliative care make?:

  http://www.icpcn.org.uk/show_newsletter.asp?id=12

Mais uma sobre Cuidados Paliativos e Terminalidade - Eliane Brum - Revista Época


Outras reportagnes de Eliane Brum  (basta clicar para lê-las):
A enfermaria entre a vida e a morteA mulher que alimentavaMinha vida com Alice(nesta reportagem, dividida em três textos, discuto nosso olhar sobre a morte e conto o cotidiano de uma enfermaria de cuidados paliativos, acompanho os últimos 115 dias da vida de uma mulher com um câncer além da possibilidade de cura e, por fim, reflito sobre como foi viver essa experiência);
O filho possível (aqui, acompanho uma unidade neonatal de cuidados paliativos);
Testamento Vital (nesta coluna, abordo o início da discussão dessa resolução do CFM e entrevisto José Eduardo de Siqueira, um médico humanista que tem muito a nos dizer);
Profissão Repórter (neste programa de TV, Thaís Itaqui, Caco Barcellos e eu contamos a rotina de uma enfermaria de cuidados paliativos).